Arquivo

Monthly Archives: Julho 2012

Colóquio A Fotografia na Era da Pós-Fotografia: História, Cultura e Ontologia, Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens / Instituto de História de Arte com a colaboração da Faculdade de Belas Artes de Lisboa, FCSH-UNL, Lisboa, 24 de Abril 2012.

Abstract:

O cinema moderno ter-se-á constituído nesse espaço fronteiriço entre a fotografia, tida como jogo tradicional de signos disputado em espaço autónomo (fotografia como “outra língua”), e o fotográfico, manipulado numa brincadeira pura de imagens, em espaço perfeitamente con-fundível com o tecido dos filmes (fotografia como parte da linguagem cinematográfica). Este “estado de excepção” (Agamben) do discurso fotográfico (Barthes) no cinema moderno, resultante da luta do cineasta contra a fotografia (a favor do fotográfico), é visível na utilização da fotografia (ainda) como objecto-fetiche no filme Little Fugitive, por contraste com a fotografia desfetichizada, tornada “brinquedo puro”, em filmes das novas vagas (exemplo de Truffaut), onde reincide a utilização desse dispositivo de montagem, poderosamente profanatório, que é o freeze frame.

Mais informações aqui.

© Luís Mendonça