Arquivo

Monthly Archives: Abril 2018

amor_e_intimidade_noite_em_casa_de_maud_A3Modero a conversa com o Professor Eduardo Lourenço e o investigador José Bértolo que acontecerá depois da sessão de Ma nuit chez Maud. O âmbito é o ciclo do Espaço Nimas  Amor & Intimidade”,  organizado por mim com os colegas Cláudia Madeira, Bruno Marques, Mariana Gaspar e Sabrina D. Marques.

Evento do Facebook aqui.

 

Anúncios

30716110_188419081881205_7025585985287094272_n

Participo no próximo dia 26 de Abril numa mesa dedicada ao tema “O Realismo Espectral da Imagem Fotográfica”, na óptima companhia de José Bértolo e Fernando Guerreiro. Às 16h00 no anfiteatro III da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Título:  “Todas as fotografias são memento mori”: encenações da morte nalguns filmes de terror

Resumo: A fotografia é forma ou formação espectral, tornando pela imagem, qual máscara mortuária baziniana, os vivos contemporâneos dos mortos. Como é que o cinema, em particular o de terror, suscita essa espectralidade, conferindo presença e corpo, na sua mise en scène, à ideia de Susan Sontag segundo a qual “todas as fotografias são memento mori”? Alejandro Amenábar, Kiyoshi Kurosawa, Manoel de Oliveira, Banjong Pisanthanakun, Parkpoom Wongpoom, Lars Klevberg e Michael Snow são alguns dos cineastas que nos auxiliarão na resposta.

Informações sobre o programa completo aqui.

Evento de Facebook aqui.