470692.jpgO fotofilme de André Miguel Ferreira Estas Mãos São Minhas, produzido no âmbito do curso leccionado por mim e pelo Luís Miguel Correia, Fotofilme: a fotografia como narrativa fílmica, foi seleccionado para a secção Novíssimos do IndieLisboa.

Passa no dia 4 de Maio, sábado, às 16h45, na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge. Mais informações aqui.

Anúncios

Colaboro na publicação Morte e Espectralidade nas Artes e na Literatura, editada pela Húmus, com o ensaio «‘Todas as fotografias são memento mori’: encenações da morte nalguns filmes de terror».

O meu agradecimento a José Bértolo e Fernando Guerreiro, os organizadores deste livro.

feature-5-750x400.jpgEscrevo sobre “o que me passa pela cabeça” para o suplemento do jornal PúblicoÍpsilon. Os temas são 24/7: O Capitalismo Tardio e os Fins do Sono de Jonathan Crary, o vício do tabaco, Conan Osiris e Robert Bresson. E os meus sonhos na sala escura. Recorte aqui, em site da editora do livro em questão, a Antígona, ou aqui, em versão online no site do Ípsilon.

Agradeço ao Vasco Câmara o convite que me endereçou.

tumblr_myonvk7nPF1rk0k2jo1_500.gifComeça, na próxima quinta-feira, às 18h00, na sala T1 (Torre B, Piso 2, da FCSH/NOVA), a unidade curricular Ensaio Audiovisual – Teoria e Prática (10 ECTS), da pós-graduação Estudos Visuais: Fotografia e (Pós) Cinema.

A cadeira é concebida por mim. Contará ainda com a presença do crítico, realizador, programador e mestre da Escola Superior de Teatro e Cinema Ricardo Vieira Lisboa, nomeadamente para uma aula de “culinária cinematográfica” que se traduzirá na montagem em directo de um ensaio audiovisual. Montagem essa que integrará a participação de todos os alunos.

O programa da cadeira pode ser consultado aqui.

JACAREPAGUA3Programação do festival de cinema universitário CINENOVA conta com três vídeo-ensaios produzidos durante os Cursos Livres que concebi e ministrei com Luís Miguel Correia na FCSH/NOVA: Delphine Aprisionada de Ricardo Pinto de Magalhães, Jacarepaguá de Maria Ganem e Hong Sang-soo // Motif #1: Sorry for Smoking de Nuno Gonçalves.

Toda a programação aqui.